Dicas práticas para a sua cozinha

dicas-praticas-para-sua-cozinha-19-blog-sem-medida– Para aumentar o tempo de vida das bananas e evitar aquelas mosquinhas inconvenientes, corte-as bem na raiz, deixando uma pontinha. Se você acha que elas passarão do ponto, descasque-as, pique e congele. Ela será uma ótima opção para se aproveitar em bolos e vitaminas.

– Para se ter uma pipoca de microondas caseira é muito simples e não é necessário gastar muito. Em um bowl ou saquinho de papel coloque 1/2 xícara de milho para pipoca e um pouquinho de sal. Misture tudo e tampe com um prato. Leve ao microondas na potência máxima por aproximadamente 3:30min (o tempo pode variar de acordo com a potência do seu microondas). E pronto! A pipoca para o seu filminho está garantida por muito menos.

– Para obter caldos (de legumes, carne, frango ou peixe) límpidos e cristalinos, sem aquele aspecto “nublado/turvo” é muito simples: nunca deixe que o caldo atinja o ponto de fervura aberta, com grandes bolhas. Assim que começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar em fogo médio, isto é, apenas com pequenas bolhas se formando na lateral. Retire a espuma que vai se formando com uma escumadeira. Se quiser retirar toda a gordura do caldo, espere que ele esfrie e leve à geladeira. No dia seguinte a gordura terá se condensado na superfície do caldo e assim você poderá retirá-la facilmente com a ajuda de uma colher.

– Ovo fresco garantido – para saber se ele está fresco ou não, basta mergulhá-lo em água fria e salgada. Se ele boiar, a chance de não estar fresco é grande!

– Para evitar que os espetinhos de madeira queimem durante o churrasco, mergulhe-os na água durante 20 minutos antes de colocá-los na churrasqueira.

– Para despelar o tomate sem grandes dramas basta espetá-lo na parte superior (onde tem aquele verdinho que todo mundo joga fora) com o garfo e levar ao fogo alto, sempre girando. O importante é que o tomate inteiro tenha contato com o fogo. Este processo durará cerca de 90 segundos, dependendo do fogão. Depois deste tempo, você perceberá que a casca do tomate irá estourar. A partir desta ruptura, com outro garfo ou faca, comece a retirar o restante da pele do tomate cuidadosamente, até que ele fique totalmente despelado.

– Para ressuscitar a pizza do dia seguinte e deixá-la como se fosse fresca é muito simples! Coloque um pouco de azeite em uma frigideira antiaderente e leve ao fogo alto até ela esquentar bem. Depois, adicione o pedaço de pizza, abaixe o fogo e adicione cerca de 50ml de água. Atenção: não coloque a água na pizza, somente na frigideira, lembrando que a quantidade de água varia de acordo com o pedaço da pizza! Abaixe o fogo e tampe. Não se intimide com o barulho da água e do azeite na frigideira: vai parecer fritura mesmo, mas não é.
Alguns segundos depois, a cara da pizza já é outra. Espere a água evaporar totalmente e o pedaço está pronto para ser comido como você pediu ontem!

– Será que o óleo está quente? Entre os diversos métodos de se saber a temperatura do óleo, Basta você jogar um palito de fósforo dentro da panela. Quando ele acender, é sinal de que o óleo está quente o suficiente.

– Pudim express – quando tiver pressa para fazer um pudim, que tal usar a panela de pressão? Coloque alguns dedos de água na panela e a forma com a massa. Tampe, espere pegar pressão e em 10 minutinhos seu pudim estará pronto!

– Arroz soltinho – é possível sim! Se tiver dificuldade em saber o ponto ideal para tirar a panela do fogo, coloque algumas gotinhas de algo ácido (vinagre branco ou limão) que sempre ajudam a deixar o arroz mais soltinho.

– Para grelhar o bife na manteiga é importante colocar um pouco de sal quando ela derreter. Isso fará co que a temperatura aumente, facilitando que a carne seja selada melhor. Com este truque, a adição de óleo é dispensável e evita que o bife perca o delicioso sabor da manteiga.

– Se for servir cebola crua em algum prato, coloque-a em água gelada por alguns minutos antes de servir. Ela ficará mais crocante, com “menos força e mais fácil de comer.

– Ao cozinhar macarrão não adicione óleo na água! Ao adicioná-lo, a massa ficará lambuzada e dificultará a absorção do molho de maneira apropriada. Uma boa quantidade de água fervente já é suficiente para cozinhá-lo.

Fonte:Terra

 

Acesse: catran.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s